Cacimbo. Uma Experiência em Angola

Cacimbo é o estio. Estação sem chuvas em Angola, que se estende de maio ao fim de agosto. O “caximbo”, como pronunciam os angolanos, torna-se um estado d’alma. Secura, poeira que tudo impregna e uma profunda saudade. Este livro, na linguagem de um jornalismo-literário tipicamente baiano, retrata as heranças e dessemelhanças entre Luanda e Salvador, cidades fêmeas, filhas das águas, captadas no cacimbo de 1998: Angola é avó da Bahia e dengo tem origem banto–quimbundo, resume o autor. São quase reportagens, quase poemas, como assim se mostra o imbudeiro (baobá) – árvore símbolo de Angola, de raízes profundas, tronco largo e ramagem rala. Seus galhos restam desfolhados, ressequidos e empoeirados durante o cacimbo, como a paisagem, as coisas, os entes…  Angolanos tempos. 

Livro de José de Jesus Barreto
Editora: Solisluna
R$ 29,90
About these ads
Published in: on janeiro 3, 2011 at 4:49 pm  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: http://kitabulivraria.wordpress.com/2011/01/03/cacimbo-uma-experiencia-em-angola/trackback/

Feed RSS para comentários sobre este post.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 37 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: