MODOS DE SER, MODOS DE VER

55444880g

 

Desde a abertura dos portos, em 1808, muitos estrangeiros visitaram, curiosos, o Rio de Janeiro. Durante a primeira metade do século XIX, o crescimento do tráfico de escravos trouxe à cidade tantos africanos que um desses viajantes, Johann Moritz Rugendas, chegou a avaliar que, à exceção do continente africano, o Rio era o único lugar da Terra que reunia membros de quase todas as tribos da África. Este livro examina o modo como esses muitos escravos africanos foram vistos e avaliados pelos viajantes europeus que estiveram no Rio de Janeiro nesse período. Investigando as concepções científicas e estéticas que orientaram o olhar e o julgamento desses estrangeiros, a obra oferece uma contribuição para decodificar sentidos e significados de textos largamente usados pelos historiadores da escravidão e da sociedade no Brasil oitocentista.

 

Livro de Eneida Maria Mercadante Sela

Editora: UNICAMP

R$ 46,00

Anúncios
Published in: on julho 1, 2009 at 8:25 pm  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://kitabulivraria.wordpress.com/2009/07/01/modos-de-ser-modos-de-ver/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: