O idioma da mestiçagem :As irmandades de pardos na América Portuguesa

A história das irmandades religiosas no Brasil colonial abre uma janela para a compreensão de identidades, alianças, conflitos e tensões que permeavam a sociedade escravista. Este livro examina especialmente a formação das irmandades de pardos na América portuguesa. Estimulando a criação de devoções próprias, essas instituições se espalharam por diferentes cidades coloniais entre os séculos XVII e XVIII e oferecem ao historiador a possibilidade de pensar sobre algumas questões relevantes para esse período: Quem eram os devotos pardos? Suas agremiações desafiavam, ainda que simbolicamente, as hierarquias coloniais fundadas sobre as noções de honra e ascendência? Como elas se inseriam naquela sociedade? Mestiçagem, identidades e hierarquias sociais são temas privilegiados neste livro, que, baseado em uma pesquisa documental inédita, ilumina a dinâmica das relações entre religião e sociedade no Brasil escravista.

Autora: Larissa Viana 

Editora: Unicampo

R$ 36,00

Anúncios
Published in: on junho 14, 2010 at 3:32 pm  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://kitabulivraria.wordpress.com/2010/06/14/o-idioma-da-mesticagem-as-irmandades-de-pardos-na-america-portuguesa/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: