Vocabulário Yorùbá:Para entender a linguagem dos orixás

O yorùbá é um dos mais de 250 idiomas falados na Nigéria e em alguns outros países da África Ocidental. É uma língua tonal, uma vez que não considera apenas o som, mas também o tom de cada palavra para lhe atribuir um sentido específico. Por isso, possui acentuações (grave, média e aguda) associadas aos tons musicais que definem seu sentido.

Até o século XIX, a língua yorubana não possuía uma forma escrita. Só a partir de então, alguns missionários yorubanos da igreja anglicana, com a ajuda de alguns de seus colegas estrangeiros, criaram a escrita yorùbá baseada no alfabeto europeu.

Inúmeros termos em yorùbá são utilizados no dia a dia das casas de candomblé e, em função da expansão dos cultos de origem africana no Brasil, o idioma foi assunto de muitos estudos em nosso país.

Neste livro, Eduardo Napoleão oferece noções de grafia e pronúncia dos principais termos yourùbá, além de um resumo gramatical que analisa os fonemas, substantivos, pronomes e tons do idioma, em uma linguagem clara, destinada a facilitar a compreensão dos cânticos, rezas e encantações que fazem parte da religião dos orixás.

Livro de Eduardo Napoleão

Editora Pallas

R$ 29,00

Anúncios
Published in: on dezembro 10, 2010 at 6:16 pm  Deixe um comentário  

Mocambos de Palmares

Mocambos de Palmares – histórias e fontes (séculos XVI-XIX) analisa, entre diversos fatores, a composição social e identitária deste símbolo da resistência escravista na história do país. Reunindo artigos multidisciplinares de pesquisadores nacionais e estrangeiros, tendo como base fontes históricas diversas, os ensaios exploram a fundo o tratamento historiográfico concedido a Palmares. Analisando os significados políticos e culturais desta comunidade, a obra contribui para ampliar a compreensão sobre as tensões que marcaram as relações entre a Europa, África e o Novo Mundo.

Livro de Flávio Gomes

Editora 7 Letras

R$ 54,00

Published in: on dezembro 10, 2010 at 6:10 pm  Deixe um comentário  

Negras Líricas – Duas intérpretes negras brasileiras na música de concerto

São pouquíssimas as referências sobre a participação de mulheres negras na música erudita brasileira ao longo da História. Partindo de uma pesquisa rigorosa, Sérgio Bittencourt-Sampaio analisa a carreira de duas intérpretes negras de raro sucesso nessa área tão elitista: Joaquina Maria da Conceição Lapa (Lapinha) e Camila Maria da Conceição. Essas duas precursoras, distanciadas por exatamente um século, foram mulheres de notável determinação e obtiveram amplo reconhecimento – um belo exemplo de como a presença feminina negra foi capaz de se impor, através do talento, em meio a uma sociedade escravagista e patriarcal, vencendo um duplo preconceito: o de cor e o de gênero.

Livro de Sergio Bittencourt Sampaio

Editora 7 Letras

R$ 36,00

Published in: on dezembro 10, 2010 at 6:04 pm  Deixe um comentário  

Couro imperial:Raça, gênero e sexualidade no embate colonial

Couro imperial é a crônica das ligações perigosas entre gênero, raça e classe que deram forma ao imperialismo britânico e à sua sangrenta desmontagem. Cobrindo o século entre a Grã-Bretanha vitoriana e a luta pelo poder na África do Sul, o livro trata da complexa relação entre raça e sexualidade, fetichismo e dinheiro, gênero e violência, domesticidade e mercado imperial, e analisa a influência do gênero sobre o nacionalismo nas zonas do poder imperial e anti-imperial. Utilizando teorias pós-coloniais, psicanalíticas e socialistas, Couro imperial argumenta que as categorias de gênero, raça e classe não existem isoladamente, mas surgem em relação íntima entre si. Baseando-se em diversas formas culturais — romances, propaganda, diários, poesia, história oral e o espetáculo mercantil de massas —, o livro examina o imperialismo não só como uma poética da ambivalência, mas também como uma política da violência. Rejeitando tradicionais oposições binárias entre eu-outro, homem-mulher, colonizador-colonizado, Anne McClintock invoca uma compreensão mais complexa e nuançada das categorias de poder e identidade sociais.

Livro de Anne McClintock – Plínio Dentzen (trad.)

Editora: Unicamp

R$ 74,00

Published in: on dezembro 10, 2010 at 5:52 pm  Deixe um comentário