MAIS DO QUE UM JOGO: O ESPORTE E O CONTINENTE AFRICANO

  Não há como negar que o interesse pelo esporte, especialmente pelo futebol, tem crescido muito, na última década, entre os estudiosos da África. A despeito disso, parece claro que ainda se trata de uma produção limitada sobre tema de grande importância para um continente que, desde a década de 1960, tem se destacado por seu envolvimento com a prática esportiva. Além disso, entre os estudos sobre o esporte na África, há poucos dedicados aos países africanos de língua portuguesa.

É também fato que no decorrer da história foram múltiplas as relações estabelecidas entre o Brasil e os países africanos de língua oficial portuguesa. No caso do esporte, entre tantas outras ocorrências, basta lembrar a importância atribuída ao futebol na formação cultural e na propagação da imagem da nação no exterior; percebe-se uma constantemente reafirmada admiração dos africanos pelo futebol brasileiro, o que não poucas vezes extravasa para o país como um todo.

 

:::: SOBRE OS ORGANIZADORES:

 

Augusto Nascimento
Licenciado em história, foi cooperante em São Tomé e Príncipe de 1981 a 1987. Em 2000, obteve o grau de doutor em Sociologia pela Universidade Nova de Lisboa. É investigador auxiliar do Instituto de Investigação Científica Tropical, de Lisboa. Colabora com o Centro de Estudos Africanos do ISCTE e com o Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto. Publicou textos científicos sobre São Tomé e Príncipe e Cabo Verde em livros e em revistas nacionais e internacionais.
 
Marcelo Bittencourt
Graduado em história na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), mestre em antropologia na Universidade de São Paulo (USP) e doutor em história na Universidade Federal Fluminense (UFF). É professor adjunto do Departamento de História da Universidade Federal Fluminense, e sua área de atuação é Angola Contemporânea. Entre seus livros estão “Estamos Juntos!” O MPLA e a luta anticolonial (1961-1974) (Kilombelombe, 2009) e Dos jornais às armas. Trajectórias da contestação angolana (Vega, 1999).
 
Victor Andrade de Melo
Professor dos Programas de Pós-Graduação em História Comparada do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais (IFCS/UFRJ) e em Educação Física/EEFD da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Coordenador do projeto “Esporte, Colonialismo e Pós-Colonialismo em Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa” (apoiado pelo CNPq e pela Faperj). Coordenador do “Sport”: Laboratório de História do Esporte. Autor de livros e artigos relacionados à história do esporte. Bolsista de Produtividade em Pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico/CNPq.

 EDITORA: APICURI

R$: 40,00


 

Anúncios
Published in: on janeiro 18, 2011 at 11:10 am  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://kitabulivraria.wordpress.com/2011/01/18/mais-do-que-um-jogo-o-esporte-e-o-continente-africano/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: