sujeitossociais_processos

 

 

 

Este livro traz a público um conjunto de artigos resultantes de pesquisas recentes, de dissertações de mestrado e teses de doutorado concluídas, desenvolvidas no âmbito da linha de pesquisa Educação, Cultura, Movimentos Sociais e Ações Coletivas, do Programa de Pós-Graduação em Educação – Conhecimento e Inclusão Social da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais(UFMG).
Convidamos o leitor a se aproximar dos trabalhos reunidos neste volume, que se organiza em três partes: a primeira traz textos em torno da temática Juventude, diversidades e diferença. A segunda apresenta pesquisas que se constituem na discussão das diferenças sociais a partir dos conceitos daEducação, gênero e raça. A terceira e última parte reúne discussões acerca do tema Espaços públicos, trabalho e formação de siem diferentes manifestações.

Anúncios
Published in: on janeiro 11, 2013 at 1:22 pm  Deixe um comentário  

A QUALIDADE DA ESCOLA PÚBLICA NO BRASIL

qualidade_escolapublica

O projeto Pensar a Educação Pensar o Brasil(1822-2022) tem como objetivo fundamental tomar a escola pública como tema de reflexão coletiva, construindo canais de aproximação entre pesquisadores e sociedade. O objetivo central é concentrar esforços para a construção de espaços que possibilitem a circulação de ideias que possam fomentar um debate amplo e contínuo sobre os desafios da educação brasileira durante o processo de construção e de construção e consolidação do Brasil como nação.
Autor(es): Marcus Aurelio Taborda de Oliveira / Fabiana da Silva Viana / Luciano Mendes de Faria Filho / Nelma Marçal Lacerda Fonseca / Rita Cristina Lima Lages (Org.)
Editora:  Mazza Edições
Preço: R$30.00

Published in: on janeiro 11, 2013 at 1:09 pm  Deixe um comentário  

Ìmó: Panorama do pensamento negro brasileiro

imo

Na língua yorubá (ou iorubá), falada no oeste da África em países como Benim e em regiões da Nigéria, “Ímó” quer dizer sabedoria e conhecimento. O idioma também predomina em rituais afro-brasileiros e cubanos. Mostrar um panorama da produção de doze pesquisadores negros brasileiros dedicados a antropologia, história, linguística, pedagogia e serviço social é o objetivo da obra.

O fato de os autores serem todos acadêmicos afro-descendentes não significa que todos os ensaios discutam exclusivamente questões etnorraciais. A proposta é justamente divulgar sua produção. De acordo com Ramatis Jacino, organizador da obra, a publicação reflete a superação de uma condição histórica de homens e mulheres negros que passaram de objeto de estudos científicos para pesquisadores de diversas áreas.

Published in: on janeiro 11, 2013 at 12:48 pm  Deixe um comentário  

Guerreiras do Cabaré

guerreiras-do-cabare-site

Partindo de experiências acumuladas dentro e fora da academia, Uzel chegou a Guerreiras do Cabaré, fruto de sua dissertação de mestrado no Programa Multidisciplinar Cultura e Sociedade da UFBA. Nesta obra, ele aborda as estratégias discursivas utilizadas pelo Bando de Teatro Olodum para representar as personagens femininas do espetáculo Cabaré da Rrrrraça, dirigido por Marcio Meirelles. A peça, encenada exclusivamente por artistas negros, está completando 15 anos em cartaz com forte popularidade.

Autor: Marcos UZel

Editora: EDUFBA

R$ 30,00

Published in: on janeiro 11, 2013 at 11:14 am  Deixe um comentário  

O menino, a goiabeira e a porta-bandeira

 
A vitória na vida reside também na força da luta do dia a dia. O olhar de duas crianças criadas numa comunidade que, através da arte da dança e da poesia , mostram a possibilidade de um futuro melhor. “O menino, a goiabeira e a porta-bandeira” apresenta o cotidiano dos moradores de Renascer, que sobem e descem as escadarias com seus sonhos e esperanças. Inspirem-se na musicalidade de João e no bailado de Suelen! A goiabeira firme e forte registra e testemunha o tempo e as sucessivas gerações.

Autor:  Alexandre Henderson

Editora: Uirapuru

R$ 28,00

Published in: on novembro 27, 2012 at 7:42 pm  Deixe um comentário  

Falares Africanos na Bahia: Um Vocabulario Afro-Brasileiro

A obra é resultado de 40 anos de trabalho na Bahia, na República Democrática do Congo (ex-Zaire) e na Nigéria e mostra influencia dos idiomas africanos na língua portuguesa.

Autora: Yeda Pessoa de Castro

Editora: Biblioteca Nacioinal

R$ 42,00

Published in: on novembro 27, 2012 at 7:33 pm  Deixe um comentário  

Águas de cabaça

Poesia de mulheres negras!

 

Autora: Elizandra Souza

Editora: Produção Independente

R$ 18,00

Published in: on novembro 27, 2012 at 7:16 pm  Deixe um comentário  

Akogbadun: ABC da Língua, Cultura e Civilização Iorubanas

O Brasil é o país que abriga a segunda maior população negra do mundo. Perde apenas para a Nigéria de onde saiu o professor de línguas Félix Ayoh OMIDIRE, responsável por esta obra que visa uma verdadeira reaproximação cultural entre a nação ioruba-africana e os afro-descendentes do eixo latino-americano.O livro traz a proposta ousada de promover e incentivar o aprendizado da língua e cultura iorubana que vem sendo textualizada nas letras das músicas populares, provérbios e jograis. O idioma iorubá é falado por cerca de 100 milhões de pessoas e é de extrema importância para a compreensão da história africana e seu povo que foram responsáveis pela formação cultural de grande parte da América Latina. A obra aposta na capacidade desta cultura milenar de ascender e se fixar no panorama mundial atual trazendo consigo a diversidade cultural.

Autor:  Félix Ayoh Omidire

Editora : UFBA

R$ 35,00

Published in: on novembro 27, 2012 at 7:06 pm  Deixe um comentário  

Nana e Nilo: Que jogo é esse?

 
Nilo reclama para a irmã Nana que em todos os jogos que brincava com seus amigos
Quinho e Akin, alguém saia triste porque não vencia. A árvore Mulemba e o passarinho verde Gino voam com Nana e Nilo para uma aldeia do povo Batwa. Nessa aldeia que fica no continente africano, as crianças aprendem um jogo em que todos vencem juntos.
Autor: Renato Noguera
Ilustrador: Sandro Lopes
Editora: Héxis
R$ 25,00
Published in: on outubro 13, 2012 at 1:17 am  Deixe um comentário  

Nana e Nilo, Aprendendo a Dividir

Nana e Nilo são irmãos gêmeos que recebem a visita da prima Laila.
Nana e Laila brigam por causa de uma boneca, a árvore mágica Mulemba
com a ajuda do passarinho Gino levam as três crianças para o passado
no antigo Egito para aprenderem a bela arte de dividir.
Autor: Renato Noguera
Ilustrador: Sandro Lopes
Editora: Héxis
R$ 25,00
Published in: on outubro 13, 2012 at 1:11 am  Deixe um comentário